Publicações OAB-GO

14/02/2019 10:00

Fortalecimento da ética profissional é compromisso de novos juízes do TED

O secretário-geral da OAB-GO, Jacó Coelho, que presidiu a sessão, enalteceu o trabalho essencial que o TED desempenha na garantia da preservação da ética e da qualidade profissional.

"Vivemos um cenário em que o número de advogados cresce exponencialmente e a OAB, por meio do TED, tem grandes desafios para garantir o efetivo cumprimento do nosso Código de Ética e disciplina. Tenho certeza de que os novos juízes comandarão um exitoso trabalho que proporcionará frutos positivos para a advocacia de todo o estado".

Jacó ainda ressaltou o compromisso da seccional com o exercício pleno e ético da advocacia, o que é "um dos pilares primordiais para a valorização da profissão e a efetiva aplicabilidade da justiça".

Juízes

Com 31 anos de advocacia, Elson Gonçalves Oliveira, de 74 anos, foi um dos juízes instrutores eleitos para o Tribunal de Ética e Disciplina (TED) nessa quarta-feira (13 de fevereiro), em sessão extraordinária do Conselho Seccional da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás. O advogado diz que seu nome foi colocado à disposição após ampla discussão na Subseção de Silvânia (uma das mais novas do sistema OAB, criada em 2017). 

“Esta foi a primeira vez que concorri ao TED. Espero contribuir para o fortalecimento da OAB e da nossa categoria junto à sociedade, por meio da promoção da ética profissional”, afirma.

Advogada desde 2006, Alessandra Costa Carneiro integrou o Tribunal no último ano de 2018 compondo a 3ª Turma. Agora eleita para prosseguir o trabalho nesta gestão, Alessandra lembra que o desafio é grande e requer dedicação dos juízes para estudar os detalhes dos processos. “Espero poder contribuir de forma técnica, imparcial e justa”, declara.

Sessão

Na segunda reunião extraordinária do ano, o Conselho Seccional se reuniu para eleger os 30 juízes instrutores e dois julgadores. A votação foi realizada em urna eletrônica. Na semana passada (6 de fevereiro), durante a primeira sessão extraordinária do TED, foram eleitos 47 dos 49 julgadores. O processo recebeu 162 inscrições de profissionais de todo o Estado. Deste total, 150 estavam aptos a concorrer.

O pleito foi interrompido e retomado nessa quarta-feira, em sessão presidida pelo secretário-geral da OAB, Jacó Coelho, e pela secretária-geral adjunta, Delzira Menezes. Após a decisão do Conselho Seccional, os 79 juízes do TED se reuniram para aclamar os nomes da nova presidência do TED, diretoria e composição de cada turma julgadora. A diretoria do Tribunal eleita para o triênio 2019/2021 é composta por Samuel Balduíno na presidência e Divina Maria dos Santos na vice-presidência.

Missão

O TED é o órgão responsável por zelar pelo cumprimento do Estatuto da Advocacia (Lei 8.906/94) e do Código de Ética Profissional. Os juízes eleitos instruem, analisam e julgam reclamações éticas contra advogados e advogadas, aplicando penalidades, que podem culminar até na cassação do registro profissional. São sete turmas de julgamento, com sete juízes cada; e uma turma de instrução (com 30 juízes).

Juízes instrutores eleitos

Abrão Rosa Lopes 
Adriana Maria Ferreira dos Santos 
Alonso Martins Wenceslau Neto 
Antônio Flávio de Oliveira 
Aurécio de Oliveira Lobo Filho 
Bruno Schettini Dantas 
Colemar Corrêa Guimarães Junior 
Cristina Aparecida Machado 
Daniela Souza Melo Trindade 
Dionattan Coutrin Figueiredo
Elirosa Maria da Silva Vaz 
Elson Gonçalves de Oliveira 
Emílio Fernandes de Lima 
Esio Ferreira do Amaral 
Fábio Velasco de Azevedo Fayad 
Flávia Fernandes 
Garibalde Caetano Amaral
Gracielle Kuhn Machado Lima 
Jairo Dantas Pinto 
Jacqueline Souza Borelli 
Jêny Marcy Amaral Freitas 
Lydiane Furquim Ataides 
Marcos Adriel de Andrade 
Maristela Rodrigues da Silva 
Paulo Gustavo Pedreira e Sousa 
Salles Ferreira de Morais
Simone Rodrigues de Souza 
Tiago Rosa de Oliveira 
Valéria Lúcia Rodrigues Pires 
Virmondes Campos Júnior

Compartilhar / imprimir: