Publicações OAB-GO

28/06/2017 14:00

OAB repudia agressão à professora do curso de Direito da PUC

A Ordem dos Advogados do Brasil- Seção Goiás (OAB-GO), por meio da Comissão do Advogado Professor, recebeu com indignação a notícia da violência sofrida pela Advogada Professora Pamora Mariz Silva de Figueiredo Cordeiro no dia 9 de junho de 2017, durante a aula ministrada de Direito Administrativo, no horário entre 13h e 15h, do Curso de Direito da Pontifícia Universidade Católica de Goiás – PUC-GO (JUR 3211) praticada por uma aluna da instituição.

A docência é uma das mais nobres profissões existentes, destinada à formação de cidadãos. A universidade é o melhor terreno para debate civilizado de ideias que permitem o engrandecimento do conhecimento humano sobre o mundo de uma forma geral.

Tolher o exercício da docência, ou mesmo colocá-lo como refém dos caprichos dos discentes não pode ser admitido, sendo uma obrigação social repelir esse tipo de conduta e reestabelecer a valia do profissional educador, sob pena de retroagirmos como sociedade.Acontecimentos como este se juntam a tantos noticiados por advogados professores e a outros repetidamente omitidos e silenciados que não podem ficar impunes.

De fato, a falta de respeito ao professor e, por consequência, à própria educação, é um dos mais vergonhosos e lamentáveis estigmas da sociedade brasileira, que traz consequências nefastas para todo o conjunto cultural. Mais do que reconhecer a violência sofrida pela advogada professora oficialmente, é preciso enfrentá-la vigorosamente, por um lado, manifestando-se e repudiando toda e qualquer ocorrência dessa natureza contra quaisquer educadores, em especial quanto àqueles que se destinam a formação jurídica.

Por outro lado, tomando as providências práticas necessárias e cabíveis para que a situação seja investigada e os responsáveis punidos.

A OAB-GO manifesta a sua solidariedade a Advogada Professora Pamora Mariz Silva de Figueiredo Cordeiro, protestando contra a violência arbitrária a que foi submetida, como também manifesta-se solidária a todos aqueles, conhecidos ou anônimos, que vêm sistemática e repetidamente sofrendo alguma violência semelhante no exercício do seu mister educacional.

 

LÚCIO FLÁVIO DE PAIVA
Presidente da OAB-GO

ROSÂNGELA MAGALHÃES DE ALMEIDA
Presidente da Comissão do Advogado Professor

Compartilhar / imprimir: