Publicações OAB-GO

13/01/2021 10:00

OAB-GO lamenta morte do advogado Maguito Vilela

É com imenso pesar e a mais profunda tristeza que a Diretoria e o Conselho Seccional da Ordem dos Advogados do Brasil – seção Goiás (OAB-GO) comunica o falecimento do advogado Luiz Alberto Maguito Vilela, 71 anos, ocorrida às 4h10 desta quarta-feira, 13 de janeiro, em São Paulo, em decorrência de complicações da covid-19. 

No final da tarde, o corpo de Maguito será levado ao Paço Municipal, depois à Prefeitura de Aparecida e, por fim, à Praça Cívica, em frente ao Palácio das Esmeraldas, onde advogados, eleitores e simpatizantes poderão dar o último adeus de carro. À noite, segue para Jataí, na Região Sudoeste do Estado, onde o sepultamento acontece, às 9 horas.

Prefeito licenciado de Goiânia, eleito democraticamente pelo sufrágio universal nas eleições de novembro de 2020, Maguito Vilela estava regularmente inscrito na OAB-GO sob o registro 3106. Exerceu a advocacia com honra e dignidade, em alternância com os muitos e importantes cargos eletivos que ocupou. 

Com seu exemplo de vida, sublevou a profissão a patamares muito altos. Deixa um legado de retidão com a coisa pública; de amor e de doação ao povo goiano e brasileiro; de respeito à democracia, à lei e ao Direito. Atributos que enchem de orgulho toda a advocacia e que motivam as mais justas homenagens. Suas inegáveis qualidades de profissional e homem público tornam ainda mais dolorosa sua partida.

Sua folha de serviços prestados à sociedade é imensa. Natural de Jataí, no Sudoeste Goiano, Maguito Vilela foi vereador de sua cidade natal, deputado estadual, deputado federal constituinte, vice-governador e governador de Goiás; senador da República, vice-presidente do Banco do Brasil, vice-presidente da Confederação Brasileira do Futebol e prefeito de Aparecida de Goiânia. Durante toda sua trajetória não restaram nódoa ou suspeita a desabonar sua conduta de homem de bem. Humilde e dedicado ao trabalho, reencontrou-se com a advocacia antes do recente mandato conferido pela população de Goiânia. 

Maguito Vilela foi, como em toda sua vida, um bravo. Lutou duramente por 83 dias contra o mal dessa década, uma doença grave e traiçoeira que não pode ser negligenciada. Por quase três meses o seu martírio foi acompanhado com atenção, expectativa e muitas orações pelo povo de Goiás, que agora roga ao Altíssimo que o receba em seu reino, lhe dê o descanso eterno e o assento ao lado dos homens justos.

À esposa, Flávia Teles, aos filhos Vanessa, Maria, Miguel, Anna e Daniel e aos quatro netos, a OAB-GO, em nome de toda a advocacia do Brasil, externa os mais sinceros votos de pesar. Que Deus possa confortar o coração de cada um que ora sente a dor da partida de um homem que seguramente ocupará lugar de grande destaque nos livros da história de Goiás.

Goiânia, 13 de janeiro de 2021

Ordem dos Advogados do Brasil – seção Goiás

 
* Nota atualizada às 17h20

Compartilhar / imprimir: