Publicações OAB-GO

20/09/2016 13:00

Novo Portal da Transparência será lançado em outubro

Desde o momento em que assumiu o comando da seccional Goiás da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-GO), a nova diretoria tem trabalhado incessantemente para implementar seu novo modelo de gestão. E ao longo deste processo, um lema tem sido exaustivamente defendido, tornando-se quase que um “mantra” por parte daqueles que encabeçam: modernizar a OAB - tirá-la da condição arcaica em que se encontrava e trazê-la definitivamente para a era digital. “Ao chegar aqui, encontramos uma estrutura totalmente obsoleta, deteriorada e que necessitava de manutenção urgente”, recorda o secretário-geral Jacó Coelho.  E um passo fundamental dentro desse processo será dado no próximo mês.

No dia 31 de outubro, a OAB Goiás lança seu novo Portal da Transparência. A página foi desenvolvida após um sistemático processo de pesquisa envolvendo profissionais de Tecnologia de Informação, Design e Comunicação, adotando como modelos páginas que já são referência no País. É grande a expectativa para esta nova versão que será disponibilizada para a advocacia, atendendo a um antigo apelo.
 

Lançada em março de 2015 pela gestão anterior, a atual versão carecia de atualização tanto da interface, quanto na disponibilização das informações. “O que temos até então não é um portal, mas apenas um link para uma janela com estas informações. Estávamos utilizando esta página provisoriamente enquanto nossa estrutura de informática permitisse termos um portal de fato”, explica o presidente Lúcio Flávio de Paiva. A nova versão foi totalmente inspirada no Portal da Transparência do Senado Federal, considerado o melhor do País.
 

Além de layout mais agradável e uma maior facilidade no acesso às informações, apresentadas de forma objetiva já na página inicial do site, o novo Portal da Transparência possibilitará o acompanhamento direto das informações contábeis, fiscais, financeiras e patrimoniais da Ordem, além de as atas de sessões do conselho seccional e colegiados.
 

Tudo o que é discutido e julgado, desde que não esteja em sigilo, está disponível para os advogados e sociedade. Sempre em conformidade com o que determina o Provimento nº 101/2003, do Conselho Federal da OAB - relativo à prestação de contas da entidade - e, ainda, em consonância com o Processo Administrativo nº 2014/06842, aprovado pelo Conselho Seccional, que também trata do assunto.
 

(Texto: Marília Noleto - Assessoria de Comunicação Integrada da OAB-GO) 

Compartilhar / imprimir:

Tópicos:

Notícias relacionadas