Publicações OAB-GO

30/09/2019 12:00

Após blitz em duas agências do INSS, OAB-GO vai autuar escritórios por captação ilegal de clientela

A Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO), por meio da Comissão de Combate ao Exercício Ilegal da Profissão e Captação Ilícita (CECEIPCC) e da Comissão de Direito Previdenciário (CDPREV), realizou mais duas blitzes nesta segunda-feira (30/09), nas agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) de Aparecida de Goiânia (Setor dos Afonsos) e e em Goiânia (Cidade Jardim, Avenida Nazareno Roriz). Ação teve o objetivo de fiscalizar e autuar flagrantes práticas ilícitas de captação de clientes.

Esta iniciativa dá continuidade à atuação da OAB-GO de combate à prática ilegal, respondendo às constantes reclamações sobre captações de clientes na porta das agências do INSS, afirma o presidente da Comissão de Combate ao Exercício Ilegal, Luciano Cardoso. Nas duas agências, as comissões identificaram 10 escritórios prospectando clientela através de captadores, quatro em Aparecida e seis em Goiânia.

“Após a identificação, os escritórios serão autuados e responderão por prática vedada pelo Código de Ética e Estatuto da Advocacia. Reforçamos assim nosso compromisso de resguardar e resgatar a atuação regular e ética da nossa profissão”, esclarece Luciano.

A presidente da Comissão de Direito Previdenciário, Ana Carollina Ribeiro Barbosa, acompanhou a ação. "A Comissão de Direito Previdenciário, sempre que provocada, vai colaborar com o combate às práticas de captação e exercício ilegal da profissão", destacou.  "Estamos vigilantes e intensificaremos as ações."

As blitzes também foram acompanhadas pelo fiscal da CECEIPCC, Emanuel Senna.

Compartilhar / imprimir: