Publicações OAB-GO

15/04/2020 17:00

"A ESA-GO está ainda mais focada para que o advogado goiano ganhe produtividade e competitividade nesta nova configuração de mercado", diz Rafael Lara Martins

O conselheiro federal e diretor-geral da Escola Superior de Advocacia (ESA), Rafael Lara Martins, afirmou na tarde desta quarta-feira, 15 de abril, que está disposto a auxiliar a advocacia no que for preciso para garantir avanço na competitividade e produtividade nesta nova configuração de mercado, diante a pandemia do coronavírus e da Covid 19. “O que estamos vivendo com a nova realidade é uma mudança de cultura. Nossa Escola Superior continuará do lado da advocacia para ajudar a todos neste novo cenário”, completou.

A tese foi defendida durante a live “A nova forma de estudo da advocacia em tempos de coronavírus”, mediada pelo secretário-geral da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO), Jacó Coelho, e exibida no perfil da seccional goiana no Instagram. O debate contou com mais de 300 visualizações.

Veja abaixo os principais trechos da entrevista, que ficará disponível no perfil da OAB-GO no Instagram

Futura sede da ESA

Apesar de ser boa, a estrutura da sede da ESA, localizada na Rua 101, no Setor Sul, já necessitava de uma revitalização. O prédio é antigo e tem deficiências de instalações elétricas, mas estamos trabalhando para a advocacia ter total segurança.  A nova sede vai contar com mais duas novas salas de aula, além de estúdios para gravação de aulas no modelo EAD.

Desafios com as audiências virtuais

Sempre tivemos muitos cursos voltados a prática das audiências, e nesse momento de pandemia houve a regulamentação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para darmos início as audiências virtuais. O grande desafio é aceitar as mudanças. As audiências precisam acontecer para que a justiça não pare. Entretanto, não é possível exigir que toda a advocacia participe de todas as sessões virtuais, visto que alguns advogados e advogadas não possuem condições para acompanha-las. Não é necessário haver uma justificativa para isso. Aqueles que conseguem não podem ser tolhidos do exercício da profissão. A justiça tem que continuar. Precisamos da ajuda daqueles que podem, querem e têm, acima de tudo, saúde nesse momento.

Mudança de cultura

A princípio, o contato virtual pode assustar e passar a impressão de que trará prejuízos para ambas as partes. No entanto, se trata de uma mudança de cultura na prática. O cliente, assim como a advocacia, estão se acostumando com esse novo modelo e novo momento. O que praticávamos há 30 dias ganhou uma nova realidade. 

Cursos suspensos

Diante da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), muitos cursos foram suspensos. A previsão é de que voltem a acontecer em setembro, outubro ou, até mesmo, em dezembro. Esses cursos irão voltar de forma online daqui alguns dias, ministrados pela plataforma Microsoft Teams. Faremos um curso prático de audiências com direito a simulações para a advocacia se sentir mais segura nesse momento atípico.

Novo modelo de advocacia

Por um lado, muitas pessoas percebem essas novidades como impossíveis de acontecer. Por outro, a nova geração acredita ser um grande avanço. Temos 57 subseções no estado de Goiás, mas com a implantação dos processos eletrônicos, conseguimos chegar a 75 cidades. 

Cursos disponíveis

 A ESA tem um convênio juntamente com o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) para capacitar a advocacia ao realizar os cursos do PJE. Temos dezenas de cursos para advogados no início da carreira e para os mais experientes, nas mais diversas áreas. Além disso, temos 9 novos cursos de pós-graduação totalmente online. É possível saber mais pelo site www.oabgo.org.br/esa

Disponibilidade de atendimento

Estamos prontos para atender a advocacia no que for necessário. Trabalhamos para que os advogados e advogadas tenham todo o apoio possível, mas se algo sair do controle, sintam-se à vontade para reclamar.

Entrega online de carteiras

Iniciamos ontem (14 de abril) a primeira entrega online de carteiras. As próximas sessões irão acontecer nos dias 22 e 23 de abril. Os atendimentos estão sendo feitos por agendamento.Entrega do cheque ESA. A advocacia de início de carreira merece um incentivo e têm 50% de anuidade para cursos na ESA, com valor de R$200,00 em créditos. Nas sessões virtuais, a ESA vai creditar automaticamente pra toda a nova advocacia que receber suas carteiras.

Advocacia pós pandemia

Está havendo e vai haver uma evolução grande na advocacia. Com esse novo modelo de trabalho, com audiências e sessões virtuais, além do regime em home office, o nosso maior patrimônio são as pessoas. O escritório é onde a pessoa está. Apesar da resistência, passamos a viver em uma nova realidade. É preciso compreender que existem diferentes advocacias. Alguns colegas descobriram mais produtivos em regime de teletrabalho, no entanto, outros estão com dificuldades. Precisamos entender que vamos viver momentos difíceis e a advocacia que mais vai ter dificuldade precisa de atenção e cursos específicos de integração efetiva à tecnologia. Não existe nada que seja extremamente difícil, o que há é algo desconhecido. As tecnologias não podem ser utilizadas como instrumento de segregação de pessoas e sim de facilitação da vida delas. 

Interior do estado

As distâncias foram se encurtando e estamos sendo mais intensos nas subseções. Entretanto, ainda há muito trabalho para realizar. É muita vontade de trabalhar pela advocacia, mas as coisas vão acontecendo aos poucos. Estamos fazendo muito e vamos continuar fazendo. Criamos políticas internas de incentivo na ESA. Às vezes o trabalho é invisível, mas o que fazemos para suprir a distância do interior com a capital é muito grande. Somos uma escola de cursos para todas as subseções e capitais. 

Compartilhar / imprimir: