Publicações OAB-GO

24/04/2020 16:00

“Precisamos tirar desse momento tão difícil bons aprendizados para melhorar o atendimento jurisdicional", diz juiz federal José Godinho Filho

O juiz federal e diretor do Foro da Seção Judiciária de Goiás, José Godinho Filho, afirmou na tarde desta sexta-feira (24 de abril), em live realizada no perfil da Seccional Goiana no Instagram, que, diante do momento atípico, o funcionamento da Justiça Federal continua fluindo com a maior eficiência possível.

“Em essência, damos prioridade àquelas ações que demandam risco de perecimento e necessitam de atuação urgente e imediata do Poder Judiciário, mas continuamos o trabalho a todo vapor”, afirmou.

O debate, que abordou o funcionamento da Justiça Federal em Goiás em face ao Covid-19, foi comandando pela secretária-geral adjunta e corregedora-geral da OAB-GO, Delzira Santos Menezes, e contou com a participação de mais de 60 pessoas simultaneamente, totalizando 290 visualizações. 

Na conversa de mais de 1 hora, o juiz destacou sobre o andamento do processo de digitalização de processos físicos na Justiça Federal, sobre retomada das intimações dos processos que tramitam de forma virtual a partir do dia 4 de maio, funcionamento virtual das Turmas Recursais e revelou a possibilidade de realização de perícias médicas judiciais nos consultórios dos médicos peritos. “Trabalhamos para melhorar o atendimento jurisdicional”, afirmou.

Godinho ainda afirmou que, sobre o levantamento de RPV’s, os juízes deliberaram sobre o depósito direto na conta indicada pelo advogado após consulta à Corregedoria.

O magistrado ressaltou o aumento da produtividade no distanciamento. “A princípio, houve um preconceito contra o teletrabalho. No entanto, o trabalho remoto permite uma maior dedicação e concentração. Segundo o CNJ, houve um aumento de 10% na nossa produção”, destacou José Godinho. 

Veja a entrevista na íntegra no perfil da OAB-GO no Instagram

Compartilhar / imprimir: