Publicações OAB-GO

15/04/2020 08:00

CEVM, CDMS e DPE-GO pedem esclarecimentos à Secretaria de Saúde de Goiânia sobre assistência às grávidas e puérperas durante pandemia do coronavírus

A Comissão Especial de Valorização da Mulher (CEVM) e a Comissão de Direito Médico, Sanitário e Defesa da Saúde (CDSM) da Ordem dos Advogados do Brasil - Seção Goiás (OAB-GO) se reuniram nessa terça-feira (13 de abril) com representantes do Poder Executivo de Goiânia para obter esclarecimentos sobre a assistência especial, adequada e segura às grávidas e puérperas,incluídas no grupo de risco, neste momento de pandemia do coronavírus.

A secretária-geral da CEVM, Valéria Mori, representou a comissão em conjunto com a defensora pública Gabriela Handam. Após denúncias, a Defensoria Pública de Goiás oficiou a Secretaria de Saúde e solicitou esclarecimentos sobre pontos da assistência à mulher nas unidades hospitalares da capital, devido à proibição da presença do acompanhante no final do mês de março. Participaram da reunião a Secretária de Saúde de Goiânia, Fátima Mrue, o procurador do município Brenno Kelvys Souza Marques e membros da diretoria do Conselho de Saúde da Maternidade, Sandra Regina Martins e Maria Silvia Souza.

Após a reunião, CEVM, CDMS e DPE-GO foram convidadas pelo diretor técnico Rogério Candido Rocha a visitar a maternidade Nascer Cidadão e verificaram as adequações do local aos planos de contingência para a covid-19, entre elas área de isolamento, fornecimento de EPI's, assistência adequada, permissão de acompanhantes durante o parto e até 12h após o parto. 

Os colaboradores da maternidade Priscilla Salomão - Supervisora de Enfermagem, Sebastião Pereira Teles - Diretor Geral e Joice Almeida - Diretora Administrativa e Financeira participaram da apresentação do plano de contingência da instituição de saúde durante a visita.

Compartilhar / imprimir: