Publicações OAB-GO

23/08/2017 14:00

Diretoria entrega reestruturação da sala da OAB em Trindade

A diretoria da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO) realizou a entrega da reestruturação da sala da OAB no Fórum da Justiça Estadual de Trindade, na manhã desta quarta-feira (23). A seccional, a Casag e a diretoria da subseção atuaram em conjunto para promover a renovação do espaço que conta com cinco novos computadores, estações de trabalho, sala de reuniões exclusiva, além de um ambiente acolhedor e confortável para toda a advocacia.

Cerca de 50 advogados e advogadas prestigiaram o momento e ouviram o presidente da OAB-GO, Lúcio Flávio de Paiva, destacar que o compromisso desta gestão da Ordem é garantir melhorias e estrutura adequada para que a advocacia em todo o estado atue com dignidade. 

“Quero deixar claro que esta sala da OAB que entregamos é a cara desta gestão. Uma gestão que desde o primeiro dia tomou uma decisão estratégica de fazer com que a Ordem dos Advogados estivesse presente onde a advocacia mais dela precisa e é justamente onde os profissionais exercem sua função: nos Fóruns Cíveis, Criminais, Trabalhistas e da Justiça Federal”, pontuou Lúcio Flávio. O secretário-geral, Jacó Coelho, e a secretária-geral adjunta, Delzira Menezes, acompanharam Lúcio Flávio na entrega.

O presidente da subseção de Trindade, Marcelino Assis Galindo, externou gratidão pela “conquista da nova sala”, a qual representa o respeito à advocacia. Segundo ele, o espaço proporciona aos advogados e às advogadas a possibilidade de lutar com mais dignidade por uma prestação jurisdicional efetiva e pelo fortalecimento da democracia. “A advocacia de Trindade está de pé, ativa, e combativa não só na ajuda e no apoio ao advogado, mas principalmente na ajuda à sociedade”, assinalou.

Lúcio Flávio evidenciou a modernização da estrutura em todas as subseções e delegacias. O primeiro passo foi dado com a instalação de novos computadores que acontece desde o início de 2017. “Já trocamos mais de 200 computadores em todo o estado de Goiás, modernizando o parque tecnológico com máquinas de última geração e acesso à Internet para que a advocacia possa exercer sua função de maneira digna”, enfatizou.

Também presentes na cerimônica de entrega César Munhoz, representando a Casag; a promotora de Justiça Patrícia Adriana Ribeiro Barbosa; o promotor de Justiça Eudes Leonardo Bontempo e o procurador-geral do município Sérgio Ferreira.

Valorização da advocacia

A valorização da advocacia em todo o estado foi comemorada pelos demais membros da diretoria da subseção. A vice-presidente Néli Carita Figueredo destacou as decisões administrativas tomadas pela subseção de somar recursos próprios aos enviados pela seccional e Casag para atender o pedido da classe em Trindade. “Conseguimos sustentar alguns aconchegos na sala e tenho certeza que os advogados merecem e espero que tenham um bom desempenho das atividades. Esse apoio que tivemos com o reaparelhamento, novos computadores facilitou para deixar o ambiente mais confortável”, relata.

O secretário-geral da subseção de Trindade, George Alexander Neri, reforçou a importância de se garantir uma estrutura adequada que transmite “fluidez” ao trabalho. “A nossa sala está propícia para que todo e qualquer advogado possa trabalhar com dignidade e com a força que a OAB possa dar a todos nós”, avaliou.

A conquista da reestruturação da sala também foi aplaudida pelo diretor-tesoureiro da subseção, Giuliano Monteiro. “Para nós representa um marco na história de Trindade e do interior de Goiás porque o que mais víamos em gestões anteriores eram salas pouco estruturadas, diferente do que tem hoje”, recorda.

Elogios também vieram da delegada da ESA em Trindade, Léria Cristina Vinhal. “É um tratamento humanizado. O interior hoje está bem servido e Trindade está muito bem”. Yhorrana Gonçalves, estudante de Direito que irá prestar o Exame Unificado da Ordem no fim do ano, também relevou que a atuação da OAB é uma motivação para que exerça a advocacia. “Hoje vejo que de 10 colegas, sete já tem como caminho a advocacia, graças a esse serviço”, relatou.

 

(Texto: Ana Maria Rodrigues - Assessoria de Comunicação Integrada da OAB-GO)

Compartilhar / imprimir: