Publicações OAB-GO

05/02/2019 14:00

Diretoria da OAB-GO discute parcerias com 46 presidentes de subseções

Em cinco rodadas de reuniões, representantes da diretoria da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO) receberam em Goiânia 46 dos 53 presidentes das subseções goianas para discutir parcerias para o triênio (2019/2021). 

A construção/reforma de subseções e salas dos advogados, além da expansão de cursos da ESA para o interior, estão entre as principais ações demandadas e acordadas entre a seccional e subseções, com objetivo de melhor atender a advocacia. 

As reuniões tiveram início na semana passada. Entre segunda e quarta-feira, foram recebidos 20 presidentes pelo secretário-geral da OAB-GO, Jacó Coelho, pela secretária-geral adjunta, Delzira Menezes, e pelo diretor-tesoureiro, Roberto Serra da Silva Maia, no Meu Escritório, localizado no Centro de Goiânia.

Nesta semana, foram mais 26. Os encontros foram realizados nos períodos matutino e vespertino; com tempo médio de 40 minutos cada. Também participam das reuniões representantes da ESA e Casag.

Atual

Apenas nesta terça-feira (5 de fevereiro), 9 presidentes tiveram a oportunidade de debater com a diretoria da OAB-GO: Anápolis, Aparecida de Goiânia, Inhumas, Cidade de Goiás, Itaberaí, Catalão, Firminópolis, Quirinópolis, Uruaçu. 

O presidente da subseção de Anápolis, Jorge Henrique Elias, destacou a importância da interlocução entre a subseção e a seccional e as tratativas no início desta gestão. Segundo ele, também foram discutidas as estruturações das delegacias subordinadas a Anápolis, como Alexânia, Pirenópolis, Corumbá de Goiás, Cocalzinho e Abadiânia.

Jorge Elias também confirma que a subseção de Anápolis seguirá com uma campanha em defesa da cobrança de consultas. “No encontro, também ficou acordado para que o conselho seccional autorize às subseções a fixarem valores reais de cobrança, podendo, assim, fiscalizar cada subseção. O advogado tem que cobrar por consulta, mas os preços em Goiânia são muito acima da realidade do interior”, pontua.

Colaboradores

Já o presidente da subseção de Aparecida de Goiânia, Francisco Sena, informa que foram discutidos o aumento no número de colaboradores para a subseção e salas do Fórum e troca de computadores e mobiliário para a subseção.

“Também discutimos sobre o repasse de duodécimos”, afirma. Encampar a luta pela advocacia ao Poder Judiciário para a instalação da Segunda Vara Cível éo que relata o presidente da subseção de Itaberaí, Reginaldo Araújo, após a reunião desta terça-feira. “Pedi uma audiência com presidente do TJ-GO para resolvermos esta situação que tanto aflige a advocacia local”. Também foi discutida a troca de computadores e de cortinas na sede da subseção.

Reginaldo Ferreira Filho, presidente da subseção de Goiás, reforça que a principal pauta é a reforma da sede. “Também foram discutidas melhorias para as delegacias de Buriti de Goiás, Sanclerlândia e Mossâmades”, resume. 

Jefferson Coutinho, presidente da subseção de Inhumas, destacou que alinhou com a seccional para a aquisição de móveis e computadores para escritórios compartilhados que serão inaugurados na sede da subseção no final de março.

Serviços

O presidente da subseção de Catalão, Thadeu Botega Aguiar, por sua vez, tratou da construção da sede de serviços, reforma emergencial da sede, padronização dos uniformes dos colaboradores, interesse na manutenção de clube de lazer pela Casag, em parceria com a subseção, liberação para a contratação de mais colaboradores para viabilizar a abertura da sala de atendimento na Unidade Prisional de Catalão. “Reunião positiva. Temos pouco recursos e muitas demandas. A parceria é salutar e necessária”, afirma.

O presidente da subseção de Quirinópolis, Alan Ribeiro, destaca que a aproximação é muito importante. "Objetivo comum é o bem estar da advocacia", disse.

O presidente da subseção de Uruaçu, Rodrigo de Souza Magalhães, tratou da manutenção do CEL do Norte, inaugurado no último mês de dezembro, aquisição de novos equipamentos para a sala da OAB, e mobílias para a sala OAB. “Diálogo importante. Sem dúvida, a comunicação estreita os laços.”   

Compartilhar / imprimir: