Publicações OAB-GO

11/01/2017 19:00

OAB-GO intermedia solução pacífica para greve dos Vigilantes Penitenciários Temporários

A Ordem dos Advogados do Brasil - Seção Goiás (OAB-GO), por intermédio da sua Comissão de Direitos Humanos (CDH), de sua Comissão de Segurança Pública e de Política Criminal (CSPPC), bem como de sua Comissão de Direitos e Prerrogativas (CDP), vem a público informar que, preocupada com a crise no sistema prisional brasileiro, sobretudo em razão das reivindicações do movimento grevista dos Vigilantes Penitenciários Temporários do Estado de Goiás (VPT’s), que anunciou uma possível paralisação das atividades no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, reuniu-se nesta quarta-feira (11)  com a liderança do movimento e, posteriormente, com o secretário de Segurança Pública e o Superintendente da SEAP, para intermediar uma solução harmoniosa, a fim de evitar maiores danos para os envolvidos (reeducandos, familiares, servidores, advogados, etc.).

As reivindicações foram levadas às autoridades, as quais afirmaram que, dentro da legalidade, irão atender ao pleito. Informam, ainda, que os concursados serão chamados nos próximos dias e que o salário do servidor não será reduzido.

Ao vice-presidente da CDP e também integrante da CDH, Danilo Vasconcelos, o secretário, coronel Edson Costa, garantiu que nenhuma atividade será paralisada ou interrompida, que o Estado cumprirá seu dever, garantindo a segurança e o bom andamento dos trabalhos. Para selar esse possível acordo, testemunhado pelo coronel Victor Dragalzew (foto), o secretário se prontificou a reunir-se com os VPT’s ainda na noite desta quarta-feira, sempre com a participação da OAB-GO.

Compartilhar / imprimir: