Publicações OAB-GO

25/02/2019 08:00

Presidente da subseção de Formosa firma compromisso pela valorização da advocacia jovem

O presidente eleito da subseção de Formosa, Marco Aurélio Basso de Matos Azevedo, enumerou a defesa das prerrogativas, da rápida administração da Justiça, a valorização da advocacia e atenção aos profissionais em início de carreira como prioridades da gestão no triênio 2019/2021. O compromisso foi firmado em solenidade de diplomação realizada na noite de sexta-feira (22/02).

Marco Aurélio destacou ainda o papel da instituição no combate à corrupção e ressaltou o trabalho da seccional que modernizou e reestruturou os espaços da OAB na cidade. “Se houver ameaça ao Estado Democrático de Direito, à justiça social, aos direitos humanos, a OAB se fará presente e atuante”, reforçou. 

Tomaram posse: Marco Aurélio Basso de Matos Azevedo (presidente); Cleberson Roberto Silva (vice-presidente); Eduardo Augusto de Souza (secretário-geral); Edimar Alves de Amorim Filho (secretário-geral adjunto); Ademilton Gabriel da Silva (diretor-tesoureiro).

O presidente da OAB-GO Lúcio Flávio de Paiva afirmou que a subseção tem uma liderança legitimada que irá desempenhar uma gestão exitosa em parceria com a seccional. “Reitero o compromisso da OAB Goiás com a valorização da classe, com a defesa intransigente das prerrogativas, com o fortalecimento da Escola Superior de Advocacia e da Caixa de Assistência dos Advogados”. 

Lúcio também conclamou a advocacia a jamais permitir a cobrança de honorários abaixo da tabela estabelecida pela Ordem, além de exaltar pela união da classe em prol da defesa do devido processo legal, da ampla defesa, da presunção de inocência, do combate ao crime e à corrupção, com respeito às garantias e aos direitos fundamentais do cidadão.  

Comissões

Em primeiro ato oficial, o presidente Marco Aurélio deu posse a presidentes de 20 comissões temáticas, à coordenadora da ESA-GO e à delegada da Casag na subseção.

Prestigiaram a solenidade o secretário-geral da OAB-GO Jacó Coelho; a conselheira seccional Maura Campos; membros do Judiciário, Ministério Público, Poder Executivo, Legislativo local e representantes da unidade prisional. 

Compartilhar / imprimir: