Publicações OAB-GO

08/06/2017 21:00

Em Uruaçu, OAB Ouve recebe pedido para ampliação da sala da Ordem no Fórum

A Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO) também levou, nesta quinta-feira (8), a comitiva do programa OAB Ouve à subseção de Uruaçu, no norte do estado, para ouvir as demandas da advocacia local. Esta é a quinta edição do programa, que já passou por diversas regiões de Goiás, e leva membros da diretoria da seccional pessoalmente às subseções e delegacias.

A advocacia de Uruaçu relatou uma série de questões à comitiva que teve a oportunidade de apresentar os encaminhamentos aos assuntos. A primeira solicitação diz respeito à necessidade de ampliação na sala destinada à OAB no Fórum da Justiça Estadual. “É possível perceber que a sala atual não possui mais condições para atender a crescente demanda de advogados que transitam e utilizam este espaço”, afirmou o conselheiro seccional Paulo Paiva. A comitiva, liderada pelo presidente Lúcio Flávio de Paiva também contou com o secretário-geral Jacó Coelho, a secretária-geral adjunta Delzira Menezes, os conselheiros seccionais Paulo Paiva, Maura Campos e Jônatas Moreira, o diretor-adjunto da Escola Superior da Advocacia Diogo Oliveira e a presidente da Comissão de Apoio ao Advogado do Interior (CAAI) e conselheira seccional, Valéria Alves dos Reis. 

Reconhecendo a necessidade de reestruturação da sala – que, em maio, recebeu novos computadores –, o presidente Lúcio Flávio reuniu-se, também nesta quarta-feira, com a diretora do Foro de Uruaçu, juíza Geovana Baía, para apresentar o pedido e já encaminhar uma solução. “Nós estamos firmando um compromisso para que a sala da OAB seja expandida, seguindo um modelo de sala que dê maior conforto ao advogado”, disse Lúcio Flávio.

Outra demanda trata da falta de servidores na agência do INSS da cidade que compromete a atuação da advocacia. A advogada Lourivânia Pereira reivindicou apoio da seccional e apontou a necessidade de pelo menos cinco servidores para o local. “Faço o compromisso de marcar uma reunião com a superintendência do INSS em Goiânia para reivindicar a necessidade de mais servidores”, declarou o presidente da Ordem. 

Problemas quanto à falta de magistrados na comarca também foram elencados pelos advogados em reunião no escritório da advogada Rosa Lydia. Lúcio Flávio relatou que irá participar de reunião no Tribunal de Justiça para tratar de demanda semelhante acolhida em outras edições do OAB Ouve. “Sugiro que elaborem um ofício para que eu possa entregar no Tribunal. Também podemos solicitar reunião com o presidente do Tribunal para tratar do pedido específico de Uruaçu”, afirmou Lúcio.

Outro ponto abordado trata da necessidade de um espaço próprio e novos equipamentos para os cursos e as palestras promovidos pela Escola Superior da Advocacia de Goiás (ESA-GO). “Propus ao diretor-geral da ESA, Rafael Lara, que a Escola voltasse a ser uma escola com qualidade de nível superior. Dessa forma, irei conversar com ele para que pensemos uma solução”, afirmou.

Os advogados Nélio Marçal, Vanderley Carvalho e Rodrigo Fernandes, presidente da subseção, agradeceram a presença e elogiaram a iniciativa da diretoria em aproximar a seccional para ouvir as demandas dos advogados do interior. “Temos que agir em prol da união da advocacia. Aproveito para parabenizar a diretoria da seccional pela atitude tomada em relação aos Cejucs”, declarou Rodrigo Fernandes.

A comitiva do OAB Ouve completou o cronograma de atividades em Uruaçu compartilhando informações sobre a campanha de valorização da advocacia lançada na quarta-feira (7). “A sociedade precisa do advogado para defende-la e o advogado precisa da OAB para defende-lo”, completou Lúcio Flávio.

OAB Ouve

Nas outras edições do programa, a caravana já esteve em Caldas Novas e Piracanjuba; Luziânia, Valparaíso e Águas Lindas de Goiás; Acreúna, Rio Verde, Jataí e Mineiros; Formosa e Planaltina de Goiás. Ainda nesta edição, a comitiva irá para Porangatu na sexta-feira (9).

 

(Texto: Ana Maria Rodrigues - Assessoria de Comunicação Integrada da OAB-GO)

Compartilhar / imprimir: