Publicações OAB-GO

14/06/2019 15:00

OAB-GO disponibiliza becas nas salas de sessão de todas as Câmaras Cíveis e Criminais do TJ-GO

Os advogados e advogadas que realizarem sustentação oral em qualquer uma das Câmaras Cíveis e Criminais do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO) terão as becas talares disponíveis diretamente nas salas das sessões de julgamento, a partir dessa semana.

A advocacia não precisará mais recorrer à Sala de Apoio, para tomar posse das vestimentas oferecidas pela Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO).

O secretário-geral da Seccional Goiana, Jacó Coelho, diz que que a iniciativa, acordada junto à presidência do TJ-GO, visa garantir maior comodidade e facilidade no acesso à vestimenta pela advocacia.

Jacó revela que a mesma ação será implantada na sala de sessões do Pleno e do Órgão Especial. “Aguardamos apenas a indicação do TJ-GO de qual móvel deve ser instalado para suporte das becas, o que deve ocorrer nos próximos dias”, afirma.

Medida

Nesta sexta-feira (14 de junho), foram instalados cabides nas salas onde ocorrem as sessões das Câmaras Cíveis e Criminais. A OAB-GO vai oferecer quatro becas por cada sessão, nos tamanhos P, M, G e GG. As becas serão disponibilizadas horas antes do início dos trabalhos das Câmaras.

Os advogados serão informados por funcionários da OAB-GO, na entrada das salas, sobre a disponibilização no local.

O uso de becas pela advocacia durante a sessão recursal é obrigatório, conforme Regimento Interno do TJ-GO.  O modelo implantado pela OAB-GO segue o mesmo em uso no TRF1, TRT, STJ e STF.

Histórico

Em abril deste ano, comitiva de representantes da OAB-GO visitou as novas instalações do TJ-GO, junto diretor-geral do Tribunal, juiz Rodrigo Leandro, para analisar a possibilidade de instalação dos móveis de sustentação das becas nas salas de sessões e no Plenário (veja última foto abaixo)

A comitiva, liderada por Jacó Coelho, foi formada por representantes da Comissão de Acompanhamento Forense (CAF), Filemon Pereira Neves (secretário adjunto) e Tênio do Prado (vice-presidente)

Jacó frisa ainda que esta conquista só foi possível graças ao empenho da Comissão de Acompanhamento Forense (CAF), da Diretoria Geral do TJ-GO, Rodrigo Leandro; da juíza Auxiliar da Presidência, Sirley Martins da Costa; e dos empenhos pessoais dos presidentes da OAB/GO e do TJGO, que se mostraram sensíveis à um pleito antigo da advocacia de Goiás.

Compartilhar / imprimir: