Publicações OAB-GO

06/12/2017 18:00

Em visita à cidade de Goiás, OAB-GO anuncia reforma na sede da subseção

O secretário-geral da Ordem dos Advogados do Brasil - Seção Goiás (OAB-GO), Jacó Coelho, vistoriou na tarde desta quarta-feira (06/12) a sede da subseção da cidade de Goiás. O município também foi palco de mais uma edição do Programa OAB Ouve, oportunidade em que membros da diretoria escutaram demandas da advocacia do interior.

A sede passará por ampla reforma: o auditório será revitalizado - passará do segundo andar para o térreo. Banheiros e salas também serão reformados. O objetivo é otimizar o espaço físico da sede e beneficiar toda a advocacia da região com um espaço mais novo e melhor distribuído.

No fundo, será construído um espaço para evento. O presidente da subseção, Reginaldo Adorno Filho, a secretária-geral adjunta Arlete Gomes, e o tesoureiro Heber da Rocha estiveram presentes na visita. 

No encontro do OAB Ouve, realizado no antigo Fórum, a advocacia local pediu para que a seccional faça um ofício ao juiz do Juizado Cível e Criminal para que alvarás sejam expedidos no nome do advogado. 

Também denunciaram a captação ilegal de clientela. Segundo a advocacia, os cartórios não disponibilizam a tabela dos honorários. 

Houve ainda pedido para que a seccional provoque o Conselho Federal quanto aos honorários de sucumbência relacionados ao plano econômico da Era Collor. De acordo com a advocacia local, os profissionais do Direito serão prejudicados nesta questão. 

Jacó Coelho lembrou do repasse dos duodécimos, reforçou a modernização em todas as sedes de subseções e ressaltou a “visão da gestão” em valorizar a advocacia do interior.

O presidente da subseção de Goiás, Reginaldo Adorno Filho, destacou a importância da reforma da subseção e, quanto ao OAB Ouve, afirmou que irá formular os ofícios das demandas propostas nesta tarde. 

Novo Fórum

A comitiva também visitou a sala da OAB no Juizado Especial Cível e Criminal e do novo Fórum que está em construção. O diretor do Foro, o juiz Luís Henrique Galvão, explicou que a obra será entregue em janeiro do ano que vem. 

“Agradeço pela parceria com a magistratura e a Ordem está de portas abertas para contribuições”, afirma Jacó Coelho. Já o juiz, manifestou apoio à Ordem e afirmou que “magistratura e advocacia têm muitos pontos de convergência”.  Ele também exaltou a “salutares sintonias das instituições que dão agilidade aos processos e demonstram harmonia”.

Compartilhar / imprimir: