Publicações OAB-GO

05/10/2018 10:00

Cidade de Goiás recebe 38º Colégio de Presidentes de Subseções

Foi aberta na noite desta quinta-feira (04/10) a 38ª edição do Colégio de Presidentes de Subseções, na cidade de Goiás. A abertura foi realizada no Teatro São Joaquim com a presença dos presidentes de subseções, conselheiros federais e seccionais, e advogados da região.

O presidente da OAB-GO, Lúcio Flávio de Paiva, fez um balanço da gestão ao longo dos últimos quase três anos. “O local e o momento que isto ocorre não poderia ser mais simbólico. A cidade de Goiás é o berço da goianidade e é, também, o berço da seccional goiana, ao ser instalada em 1932”, rememorou.

O presidente também falou sobre “as crises institucionais no Brasil”. “Não há democracia sem política e política sem políticos. Os países que enveredaram pelo caminho criminalizar os políticos foram para o caminho totalitário”, diz. “Antes uma democracia ruim do que uma democracia boa”, reforçou.

Em discurso, o presidente da subseção de Goiás, Reginaldo Adorno, celebrou a união entre os presidentes de subseções. “Todos os detalhes foram pensados para vocês”, disse.

Ele também sublinhou os esforços do presidente Lúcio Flávio de Paiva para levar o evento para a cidade de Goiás e destacou a “quebra de tradição” ao se realizar o segundo Colégio de Presidentes do ano no interior, ao contrário das últimas edições em que o que realizaram o evento em Goiânia.

“Aqui será sempre a casa de vocês”, resumiu, em discurso emocionado. “Hoje a seccional se instala novamente na cidade de Goiás. É uma honra ver a história ser reescrita e escrita, sendo o dia em que a seccional se instalou novamente aqui”, disse.

O diretor-geral da Escola Superior de Advocacia, Rafael Lara Martins, ressaltou o número de cursos e palestras realizados pela ESA ao longo dos últimos anos. “Vejo hoje que a ESA está melhor estruturada. Ela está onde o advogado mais precisa, nas subseções”.

OAB em defesa da cidadania

O presidente da subseção de Piracanjuba, Carlos Cruvinel, orador deste Colégio Estadual de Presidentes, enalteceu a função constitucional da OAB defesa da democracia, do Estado Democrático de Direito, dos direitos humanos e dos jurisdicionados. 

“A função mais importante da OAB está em seu papel de guardiã da ordem institucional democrática e da sociedade civil. Qualquer movimento contra a Constituição vai encontrar, por parte da OAB, vigilância contundente”. Cruvinel destacou também o “compromisso com a justiça social e a cidadania sem sectarismo ideológico ou partido político”. 

O conselheiro federal Marcello Terto e Silva destacou a união da bancada goiana no Conselho Federal da OAB. “É uma bancada respeitada no Conselho Federal e em todo o Brasil. Estamos aqui para ouvir os presidentes e garantirmos a defesa de suas demandas no Conselho Federal”. Enalteceu ainda a atuação da Conselheira Federal Valentinna Jungmann na luta por representatividade feminina no sistema OAB.

Homenagem

Durante o evento, o presidente Lúcio Flávio entregou um diploma em homenagem aos serviços prestados em prol da educação jurídica aos professores de Direito da Universidade Federal de Goiás da cidade de Goiás.

Receberam a comenda: Arlete Gomes, Alexandre Aguiar dos Satnos, Alan Ferreira, Bartira Macedo, Diogo de Araújo Aguiar, Heitor de Carvalho, José do Carmo Siqueira, José Humberto de Góis Júnior, Margarete Pereira, Norival de Castro Santomé e Vitor Souza Freitas.

Compartilhar / imprimir: